Força tarefa entre PMT, SEMAM e SEMDUH já retirou mais de 21 toneladas de aguapés de rios e lagoas em Teresina.

A Prefeitura de Teresina através da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM) e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), segue com o trabalho de retirada dos aguapés e limpeza de lagoas e rios da capital.

O trabalho que foi iniciado no começo do mês já retirou cerca de 21 toneladas de plantas e lixo das margens e próximo a lagoas da zona norte.

“Começamos esse trabalho no dia 05 de outubro e já retiramos 14 carradas de aguapés, cada um com aproximadamente 1.500 kg. Nossas equipes estão fazendo também a limpeza de folhas secas e ainda do lixo, que mesmo proibido, ainda é jogado nessa área e afeta diretamente o nosso Meio Ambiente”, destacou a secretária Elisabeth Sá.

Todo esse material está sendo transportado até o Centro de Compostagem da SAAD Rural, onde será transformado em adubo natural, rico em nutrientes. Quando finalizado o processo da compostagem, o material será doado aos viveiros da cidade para melhorar e aprimorar o cultivo de plantas e mudas que serão plantadas e distribuídas à população, além de hortas comunitárias.

 

Estudantes visitam Parque da Cidade em aula prática de escola em Teresina

Alunos do 8 e 9 ano do Centro de ensino Mariana, localizado no residencial Esplanada, zona sul de Teresina, tiveram uma manhã de aula diferente nessa terça-feira, 19 de outubro, Dia do Piauí.

Cerca de 40 alunos, entre 12 a 15 anos, muitos pela primeira vez, visitaram o Parque da Cidade João Mendes Olímpio de Melo, na zona norte de Teresina, como parte das atividades da aula prática sobre unidades de conservação proposta pela escola.

“Aprender não precisa ser exclusividade da sala de aula. E em uma data especial como a de hoje, o Dia do Piaui, organizei uma aula passeio, para falar um pouco sobre as unidades de conservação da nossa cidade e além de deixar de lado a metodologia tradicional e mostrar o lado prático do conteúdo”, explicou a professora Krislany Guedes.

Segundo ela, essas aulas passeios também contribuem no processo de autonomia dos alunos, eles aprendem a ter responsabilidade, compromisso e saber se comportar nos locais, o que acaba contribuindo para a aquisição da autonomia. Eles vão se sentindo mais independentes.

“Não foi só um momento de falar sobre o conteúdo, foi um aprendizado amplo, que os alunos irão levar para a vida. Foi uma manhã de troca de conhecimentos e descobertas”, concluiu.

A gerente do Núcleo de Educação Ambiental da SEMAM, Naisis Castelo Branco, falou que cada vez mais ações como essa serão implementadas dentro do parque.

“Precisamos trazer a comunidade, educar crianças e jovens e juntos para preservar nosso Meio Ambiente. Esse é um pedido claro da nossa secretária Elisabeth Sá. Fortalecer as ações de educação ambiental junto a nossa sociedade”,

Prefeitura, SEMAM e Sinduscon firmam termo de cooperação para agilizar licenciamento de obras

A Prefeitura de Teresina, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM) e o Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon Teresina) firmaram um termo de cooperação que vai garantir mais rapidez no licenciamento de empreendimentos da construção na cidade. No encontro, foram ressaltadas as medidas já criadas para auxiliar na desburocratização do segmento, como o licenciamento rápido para empreendimentos simples.

O prefeito Dr. Pessoa reforçou o papel da atual gestão: ser rápida em todos os processos. “Estamos andando de formas ágeis e vamos desburocratizar. Nosso interesse é gerar emprego e renda. E atraímos isso com infraestrutura, desburocratizando o sistema. É uma alegria esse momento”, frisa o gestor municipal.

Segundo a secretária da SEMAM, Elisabeth Sá, Teresina precisa avançar no sentido de promover cada vez mais o emprego e geração de renda. “A Prefeitura dá um importante passo hoje para a desburocratização. Essa parceria entre o Sinduscon e a SEMAM viabiliza a reformulação de todo o processo de licenciamento na capital. Vamos atualizar nossa legislação e acelerar os processos”, explica.

O setor construtivo comemora mais essa conquista. O presidente do Sinduscon, Guilherme Fortes, coloca que desde o início do governo do Dr. Pessoa tem havido um diálogo franco e aberto, principalmente a respeito da desburocratização. Ele acrescenta que a SEMAM sempre teve a disponibilidade de fazer acontecer.

“E esse passo é importantíssimo não só para a desburocratização, agilidade, geração de empregos, mas também pensando muito no meio ambiente. Essa atualização e modernização dos processos e leis é fundamental para a sociedade”, comemora.

 

Prefeito de Teresina e secretária do Meio Ambiente visitam obras do Parque da Criança

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, acompanhado da secretária municipal de Meio Ambiente (Semam), Elisabeth Sá, visitaram no “Dia das Crianças” as obras do primeiro parque ambiental temático voltado para este público, que está sendo construído onde funcionava o antigo viveiro de mudas da zona Leste, na avenida Raul Lopes, próximo a ponte da Primavera.

Com uma área de 13 mil metros quadrados, o Parque da Criança será mais um espaço de lazer e de contato dos teresinenses com a natureza. “Nada mais importante que, no Dia das Crianças, estarmos aqui vistoriando essa obra, em estágio avançado e que, até o final do mês, será concluída para contemplar nossas crianças e a cidade como um todo com um belíssimo parque ambiental”, destacou Dr. Pessoa.

Fruto de compensação ambiental para instalação do mais novo empreendimento, o Assaí, na capital do Estado, o parque contará com uma pista de caminhada, corrida e ciclismo para prática de exercícios; quiosques para alimentação e hidratação; playground sustentável para as crianças e uma trilha ecológica equipada com um píer com acesso ao rio Poti. Todos os espaços serão adaptados, desde o estacionamento, banheiros, áreas comuns e de lazer.

“Essa é uma dívida que a cidade de Teresina tem com suas crianças. Esse será um grande parque, dentro de uma área de preservação ambiental. Essa é uma missão do nosso prefeito Dr. Pessoa, de fazer um resgate em relação a pontos de contemplação dos nossos rios, por isso criou o ‘Vida Rios’, um grande projeto dessa gestão que visa o fortalecimento da nossa política ambiental e a requalificação desses espaços”, concluiu Elizabeth Sá.

SEMAM realiza transporte de aguapés para compostagem na Central de Tratamento de Resíduos

“Na natureza nada se perde, tudo se transforma!”

Os aguapés que são filtros naturais, mas que em grande quantidade podem prejudicar o rio, e foram retirados do Poti viraram material para compostagem.

A compostagem de Aguapé (Eichornia crassipes) é um adubo orgânico rico em macro e micro nutrientes. Possui um grande potencial para substituir adubos químicos na produção de alimentos e como adubo natural das plantas.

Todo o material retirado foi transportado para a Central de Tratamento de Resíduos (CTR), que é formada por um conjunto de tecnologias integradas em diferentes unidades de tratamento capazes de promover o gerenciamento completo dos diversos tipos de resíduos, evitando-se a poluição e minimizando os impactos ambientais.

SEMAM intensifica ações da campanha de combate as Queimadas em Teresina

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM) intensificou as ações da campanha contra as Queimadas em Teresina. Com a chegada do período mais quente do ano, onde os focos de incêndio aumentam, técnicos do Núcleo de Educação Ambiental (NEA) reforçaram e ampliaram as atividades educacionais de conscientização em escolas e assentamentos da zona rural da cidade.

Até agora, nove assentamentos já receberam atividades relacionadas a campanha contra as Queimadas e também orientações sobre práticas que podem minimizar os impactos ambientais, como a compostagem, por exemplo.

O último, no assentamento 17 de abril, também na zona rural da capital, os moradores foram alertados sobre os perigos e cuidados que devem ser tomados quanto aos incêndios, além da forma segura para se fazer um roçado.

Toda a comunidade ainda recebeu material educativo de conscientização ambiental no encontro que aconteceu na Unidade Escolar Lucas Meireles, que funciona dentro da comunidade.

“Precisamos falar sobre essa prática que ainda permanece em muitas propriedades rurais. O fogo mata não só a vegetação, mas também animais que muitas vezes já estão em extinção. Levar o conhecimento até essas pessoas é o objetivo dessa campanha e uma preocupação do nosso prefeito Dr. Pessoa”, explicou a secretária do Meio Ambiente, Elisabeth Sá.

Teresina recebe certificação ambiental selo “A” referente a ICMS Ecológico.

Teresina consolida cada vez mais sua política ambiental de proteção e preservação do Meio Ambiente. Dentre todos os critérios analisados para certificação no SELO AMBIENTAL 2021 dos municípios piauienses, para adesão ao ICMS Ecológico, a capital recebeu, mais uma vez, o selo “A”.

Foram avaliados desde o gerenciamento de resíduos sólidos, ações de Educação Ambiental, redução do índice de desmatamentos e queimadas, até medidas de proteção de mananciais, identificação de fontes de poluição e criação de novas unidades de conservação ambiental.

“Receber essa certificação significa que estamos no caminho certo. É um compromisso do nosso prefeito Dr. Pessoa e da SEMAM, enquanto órgão público, desenvolver todas as ações e medidas que fortaleçam cada vez a política ambiental em nossa cidade. Teresina é selo A e vai continuar assim se depender de todos que fazem essa Secretaria”, garantiu a secretária Elisabeth Sá.

Selo Ambiental é importante instrumento na proteção do Meio Ambiente

O Selo Ambiental é um dos mais eficazes instrumentos de vários Estados do país para certificar as medidas e ações que minimizam os impactos ambientais promovidas nos municípios.

“O processo de habilitação e postulação é feito através de uma auditoria de certificação pública em âmbito estadual, que confere o Selo Ambiental. Essa certificação dos municípios piauienses em categorias do Selo Ambiental serve para obtenção de recursos particionados do ICMS Ecológico que serão revertidos em ações e medidas de proteção do Meio Ambiente”, explicou Raquel Dantas, assessora técnica jurídica da SEMAM.

Foram certificados no Selo Ambiental categoria A, os municípios que adquiriram pelo menos 06 (seis) critérios de elegibilidade; na categoria B, aqueles que adquiriram pelo menos 04 (quatro) critérios de elegibilidade; e, na categoria C, pelo menos 03 (três) critérios de elegibilidade, conforme os requisitos exigidos pelo Decreto Estadual.

Entenda o que é o ICMS Ecológico

No Piauí, o ICMS Ecológico foi instituído através da Lei Estadual Nº 5.813 de 2008, voltado para beneficiar municípios que se destaquem na proteção ao Meio Ambiente.

O ICMS Ecológico é uma ferramenta tributária que permite aos municípios o acesso a parcelas maiores que aquelas que já têm direito das arrecadações financeiras obtidas pelos estados, por meio do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), em face do atendimento de critérios ambientais exigidos pela legislação.

Não se trata, portanto, de um novo imposto, mas da inserção de novos requisitos de redistribuição de recursos do ICMS, que aponta o nível da atividade econômica nas cidades em conformidade com a preservação ambiental.

SEMAM lança projeto de educação ambiental “Árvore dos Desejos”

O que você espera do futuro?

A pergunta feita para crianças e jovens de escolas municipais de Teresina, faz parte do novo projeto “Árvore dos Desejos”, idealizado pelo Núcleo de Educação Ambiental (NEA) da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM). A ação, alusiva também ao Dia da Árvore, teve início nesta quarta-feira (22) e recebeu os alunos da escola municipal Conselheiro Saraiva, que fica na localidade Boa Hora, zona rural de Teresina.

As crianças participaram de uma aula ao ar livre sobre os cuidados que devemos ter com o Meio Ambiente e escreveram cartas com os seus desejos para o futuro de nossa cidade.“O que queremos aqui é despertar nessas crianças a conscientização ambiental. Fazer eles entenderem que cuidar da Natureza, é cuidar da gente também. Cada uma escreveu uma cartinha e colocou no envelope que será aberto depois”, explicou Naisis Castelo Branco, gerente do NEA.

APAE e SEMCASPI também participaram da ação

Além das crianças, cada uma levou pra casa uma muda de planta nativa e frutífera, os alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Teresina (APAE) e a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI), também participaram da ação.

Todos receberam uma muda e plantaram no Parque Ambiental da Cidade. “Estamos muito felizes em participar desse momento. Eles estão radiantes. Alguns nunca tiveram essa vivência e isso é muito importante pra todos nós”, comemorou a professora.

SEMAM leva projeto “Semeando” para dentro das escolas

Se as crianças são o futuro de qualquer cidade, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM), aqui em Teresina, está plantando hoje para colher amanhã.

O projeto “Semeando”, que leva a Educação Ambiental para dentro das escolas, quer que as crianças atuem como defensores e sejam multiplicadores das boas ações que protejam e preservam o Meio Ambiente.

“O que queremos é despertar esse cuidado e fazer com que as crianças repliquem essas ações e cresçam como adultos mais responsáveis com o Meio Ambiente”, destacou Naisis Castelo Branco, gerente do NEA.

Compostagem e campanha contra Queimadas são abordadas em palestra

De como fazer uma compostagem até medidas para evitar as Queimadas tão prejudiciais à nossa biodiversidade, principalmente nesse período mais quente do ano, estão sendo ensinadas dentro da sala de aula ou mesmo no pátio da escola.

No Instituto educacional Franklin Rocha, localizado no bairro Parque Piauí, crianças e adolescentes aprenderam isso na prática, como plantar. Mudas foram feitas por eles próprios e levadas pra casa.

“Essa parceria com a SEMAM foi de extrema importância pra nossa escola. Essas crianças e jovens ensinadas agora conseguem amanhã repassar o que aprenderam e serão adultos mais conscientes”, afirmou o professor Girleno Alves, diretor da escola.

“Parque da Criança” vai unir lazer e Natureza com acessibilidade em Teresina

Teresina está pertinho de ganhar mais um novo parque ambiental para a cidade. O “Parque da Criança” que está sendo construído ao lado da Ponte da Primavera, já está em ritmo acelerado de conclusão e a previsão é entregar já no próximo mês de outubro à população.

 O espaço, que terá mais de 13 mil m2 de área, será mais uma alternativa de lazer e contato direto com a Natureza na capital. O Parque da Criança vai contar com pista de caminhada para prática de exercícios, trilha ecológica com acesso ao rio Poti, quiosques para alimentação e hidratação, além de um playground sustentável para a criançada se divertir.

“Todo esse espaço está sendo revitalizado e transformado em mais um lindo e importante parque ambiental em nossa cidade. Lutamos muito para isso se tornar realidade e aos poucos vamos conseguindo entregar novas áreas verdes para nossa população aproveitar”, destacou a secretária do Meio Ambiente, Elisabeth Sá.

O novo parque é fruto de compensação ambiental para instalação do empreendimento Assaí, que além de gerar cerca de 600 empregos diretos e indiretos, ainda vai doar à cidade mais essa área verde completamente acessível. Todos os espaços serão adaptados, desde o estacionamento, banheiros, áreas comuns e de lazer.